AINDA FALANDO DE RUGBY… ESSE ESPORTE ESTÁ CONQUISTANDO OS BRASILEIROS

Depoimento de um jogador de rubgy, Dr Octavio Moura Andrade:

Fui jogador de rugby na época da faculdade e, há algum tempo atrás, ao ser convidado para ver um jogo no SPAC (São Paulo Athletic Club) resolvi levar meu filho, Guilherme.
Acho que no caso dele foi paixão à primeira vista.
Ficamos sabendo que haveria treino para crianças no final de semana
seguinte, e lá voltamos.
Com 6 anos Guilherme começou no rugby e o esporte, com todos seus valores morais e códigos de honra e cavalheirismo o cativaram. Além disso ele foi muito bem acolhido e o esporte o ajudou muito para superar a minha separação, bem como fortaleceu sua autoconfiança, autoestima, sensação pertencer a um grupo, responsabilidades, sociabilização, sem falar nos aspectos motores de coordenação.
Nos festivais infantis de rugby que frequentamos foi muito importante a convivência com outras crianças, inclusive vindas de projetos sociais, que disputam duramente o jogo, mas entendem que na confraternizacao pós jogo (o terceiro tempo), todos devem ser amigos e se respeitarem. Deixando “no campo” eventuais diferenças e respeitando uns aos outros, tudo dentro dos valores do esporte.
A paixão foi tão grande que eu voltei a jogar e treinar os pequenos como forma de retribuir o que o rugby deu para minha família

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *